Desenvolvedor Web: a jornada

em 7 de ago de 2014

Recentemente comecei a estudar mais sobre desenvolvimento web, focando em desenvolvimento front-end, é a área que eu mais gosto. Há três anos venho estudando HTML e CSS, e no último tenho focado em JavaScript, e é exatamente nele que tenho encontrado grandes dificuldades. Pra quem entende de desenvolvimento sabe que HTML e CSS não são linguagens de programação, e para desenvolver nelas não é preciso ter conhecimentos de programação, apesar de ajudar muito.

Exatamente pelas dificuldades que estou tento, decidi ir mais afundo e procurar estudar os fundamentos de programação, ou algo assim. Até cheguei a cogitar a fazer o curso de Ciências da Computação ou mesmo um Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, mas conversando com algumas pessoas já formadas, percebi que não precisava passar 4 anos em uma faculdade e poderia estudar por conta própria.

Pesquisando na Internet encontrei os vídeos de um curso Tecnologia em Sistemas de Computação da fundação CECIERJ, com basicamente todas as matérias necessárias para aprender os fundamentos que eu vinha procurando. É claro que precisa tomar um pouco de cuidado pois o curso é de 2008 e algumas tecnologias estão ultrapassadas. Mas o meu objetivo aqui são os fundamentos e isso não muda muito.

Outra grande descoberta foi uma escola em Nova Iorque chamada The Flatiron School, que tem um curso de Web Development, o foco do curso é tornar-se desenvolvedor full stack. Essa não é a minha intenção, mas acredito que aprender o todo ajudaria muito a me tornar um front-end melhor. Mas aqui esbarro em dois problemas, o curso custa a pequena bagatela de 12000 dólares, e eu não tenho a fluência em inglês. Fora os custos para me mantar em NYC por 6 meses. Pode ser que não faça o curso, mesmo assim vou usá-lo de base. O pessoal da Flatiron recomenda fazer um “prework” antes de iniciar o curso, pois o pessoal não vai perder muito tempo ensinando o básico.

Neste prework, existe uma diretriz do que se deve estudar. A maioria das coisas são feitas online, através das plataformas Treehouse (pago), CodeSchool (pago), CodeAcademy (free), tutorias e livros. É claro o conteúdo é todo em inglês. Porém estudando com calma e tendo recursos para ajudar na tradução e interpretação pode ser viável. Além de ajudar a treinar o inglês. Mas o pulo do gato vem em poder pegar o que é recomendado estudar e procurar referências em português, o próprio CodeAcademy tem os seus treinamentos traduzidos. Ainda existe a possibilidade de fazer grande parte do conteúdo na Alura e contar com os livros da Casa do Código.

Com base nestes materiais que encontrei, criei um roteiro para estudar. Posso fazer isto no meu tempo livre, sem compromissos com provas ou encontro presenciais. Faço no meu tempo e se tiver dúvidas posso pesquisar mais sobre o assunto ou procurar algum fórum para tirar dúvidas.

Para ajudar a fixar o conteudo estudado, vou criar uma série de postagens sobre os assuntos estudados, servindo como uma futura referência ou até mesmo para ajudar outras pessoas que estão seguindo o mesmo caminho. Também posso usar isso como uma forma de verificar o meu progresso. Além de ser uma forma de compartilhar o conhecimento.

Se você tiver algum conteúdo ou referência que possa ajudar compartilhe nos comentários.

Uma longa viagem começa com um único passo.
- Lao-Tsé

Referências

Vou criar uma página para servir como uma sumário dos assuntos estudados e possíveis referências. Caso tenha algo para ajudar a contribuir fique a vontade.